domingo, 28 de fevereiro de 2010

da janela da frente
eu vejo o mundo

da janela dos fundos
eu vejo a gente

- Martha Medeiros
nem posso dizer que tentei evitar, pois já descobri que se você evita a vida, ela acontece do mesmo jeito.

- Tati Bernardi

pudesse eu viver tudo o que imagino
nem sete vidas me dariam tanto fôlego

- Martha Medeiros
eu quero me chamar Mar você dizia e ria e ríamos porque era absurdo alguém querer se chamar Mar ah mar amar e você dizia coisas tolas como quando o vento bater no trigo te lembrarás da cor dos meus cabelos

- Caio Fernando Abreu

Dissertação 30

a vida muda conforme a sorte. sorte? ela muda de rosto.

- Douglas Lenon
28 de fevereiro de 2010
tão profundamente triste
fiquei depois daque beijo
que já não era desejo e sim hábito
de todos os nossos encontros

era verão e eu não sabia
que certas coisas assim não têm fim
passei noites em claro procurando entender
o que enfim não se explica
chamam vida e é assim

- Martha Medeiros
eu achei que quando passasse o tempo, eu achei que quando eu finalmente te visse tão livre, tão forte e tão indiferente, eu achei que quando eu sentisse o fim, eu achei que passaria. não passa nunca, mas quase passa todos os dias.

- Tati Bernardi
você teria ido sem mim
mesmo que eu não me atrasasse

você teria dito tudo aquilo
mesmo que eu não te ofendesse

você teria me deixado
mesmo que eu não propusesse

você faz tudo o que quer
mas sou eu que deixo tudo preparado

- Martha Medeiros

Dissertação 29

chega uma hora em que você não tem mais tempo pra sentir falta de alguém, porque fica tão ocupado sentindo a sua própria falta. é tão esquisito dizer isso, mais eu sinto falta de mim mesmo.

- Douglas Lenon
28 de fevereiro de 2010

Vida ou mais ou menos isso


eu sabia que ia dar nisso, alem do mais é pior quando você acha que tá errado e então vem alguém e confirma toda sua expectativa — mesmo que você tentasse pensar o contrário de tudo que sabia, você não precisa de ninguém pra confirma o que você já sabe.
eu forço a barra, eu sei, não precisa ficar dizendo. sou sincero demais em horas inapropriadas, engulo muita coisa, guardo rancor, mas não jogo na cara de ninguém isso. tenho respeito, tenho todas as armas, mas não uso nenhuma, mostro minhas garras quando a ameaça chega sem avisar. tenho cartas nas mangas, posso te alimentar com elogios ou te destruir com criticas.
o mundo pode ser meu, como pode ser seu, ou até mesmo nosso. mais trilhe o teu caminho, e não passe por cima do meu trem, porque acidentes acontecem, e todo impacto deixa marcas.

- Douglas Lenon
28 de fevereiro de 2010
fui vista em festas que não fui
esquiando na neve que nunca vi
e falando com gente que sequer conheço
incrível como minha vida evolui
nas horas em que não me pertenço

- Martha Medeiros
porque eu te juro, de todas as coisas do mundo, eu só queria olhar pra você. eu escolheria você. se me dessem um último pedido, eu escolheria você. se a vida acabasse hoje ou daqui mil anos, eu escolheria você. eu só não consigo, vejam como essa vida é mesmo uma coisa de deixar qualquer um louco, eu só não consigo escolher você da maneira mais fácil e particular, que é tendo você. que é sendo você.

- Tati Bernardi
você não acredita como eu me importei com você
como eu reparava nos teus cacoetes, ouvia tua voz
e pelo tom eu percebia como andava o teu humor,
como eu sabia bem dos teus horários, teus macetes
eu poderia ter escrito teu diário, tanto eu te conhecia
dava pra sentir de longe o teu cheiro, entender tuas manias
eu já estava louca de tanta nostalgia de você
um rapaz que eu nunca vi, nunca falei, nunca toquei
nunca soube se existia

- Martha Medeiros
fica comigo, só comigo. e sorrir pensando que um dia alguém tão bacana quanto eu poderia se deitar ao meu lado pra gente ser tão especial juntos.

- Tati Bernardi

sábado, 27 de fevereiro de 2010

não faz diferença
se você vem amanhã
ou não vem
desisti de esperar
por alguém
cuja ausência
me faz companhia

- Martha Medeiros
e tem o seguinte, meus senhores: não vamos enlouquecer, nem nos matar, nem desistir. pelo contrario: vamos ficar ótimos e incomodar bastante ainda.

- Caio Fernando Abreu.

eu perguntava quantas foram
e você falava sobre o tempo
eu indagava quantas vezes
e você acendia outro cigarro
eu suplicava quantas mais
e você não respondia
pedia pra mudar de assunto
pra que pudesse mentir sobre outra coisa

- Martha Medeiros

Dissertação 28

tenta entender pelo meu lado, quando comentam sobre vida amorosa, eu falo teu nome porque foi a única pessoa que eu amei de verdade, mas comentar, não é sinônimo de que eu não tenha te esquecido.

- Douglas Lenon
27 de fevereiro de 2010
danem-se as probabilidades. pessoas morrem de soluços. minha mãe morreu de soluços. a taxa de sobrevivência para isso é de quanto, 100%? a probabilidade é que deveria estar viva agora. probabilidades não significam nada. as pessoas devem encarar e lutar.

- Grey's Anatomy
5ª temporada, episódio 17
desculpa, digo, mas se eu não tocar você agora vou perder toda a naturalidade, não conseguirei dizer mais nada, não tenho culpa, estou apenas me sentindo sem controle, não me entenda mal, não me entenda bem, é só esta vontade quase simples de estender o braço para tocar você, faz tempo demais que estamos aqui parados conversando nesta janela, já dissemos tudo que pode ser dito entre duas pessoas que estão tentando se conhecer, tenho a sensação impressão ilusão de que nos compreendemos, agora só preciso estender o braço e, com a ponta dos meus dedos, tocar você, natural que seja assim: o toque, depois da compreensão que conseguimos, e agora.

- Caio Fernando Abreu
pensei que bastassem palavras
pra me fazer entender
que nada
às vezes minha voz parece dublada
eu digo uma coisa, ele entende outra
fica tudo sem começo nem fim
quem dera eu pudesse contratar um dublê
pra terminar certas cenas por mim

- Martha Medeiros
querida mãe, querido pai,
não sei mais conviver com as pessoas. tenho medo de uma casa cheia de pais e mães e irmãos e sobrinhos e cunhados e cunhadas. tenho vivido tão só durante tantos — quase 40 — anos. devo estar acostumado.

dormir 24 horas foi a maneira mais delicada que encontrei de não perturbar o equilíbrio de vocês — que é muito delicado. e também de não perturbar o meu próprio equilíbrio — que é tão ou mais delicado.
estou me transformando aos poucos num ser humano meio viciado em solidão. e que só sabe escrever. não sei mais falar, abraçar, dar beijos, dizer coisas aparentemente simples como "eu gosto de você". gosto de mim. acho que é o destino dos escritores. e tenho pensado que, mais do que qualquer outra coisa, sou um escritor. uma pessoa que escreve sobre a vida — como quem olha de uma janela — mas não consegue vivê-la.

amo vocês como quem escreve para uma ficção: sem conseguir dizer nem mostrar isso. o que sobra é o áspero do gesto, a secura da palavra. por trás disso, há muito amor. amor louco — todas as pessoas são loucas, inclusive nós; amor encabulado — nós, da fronteira com a Argentina, somos especialmente encabulados. mas amor de verdade. perdoem o silêncio, o sono, a rispidez, a solidão. está ficando tarde, e eu tenho medo de ter desaprendido o jeito. é muito difícil ficar adulto.

amo vocês, seu filho,
Caio

- Caio Fernando Abreu
você faz tudo para que os outros percebam
que você gosta de mim

e agora que estamos a sós
você não tem dó e me deixa assim

por que você não me agarra
e dá um fim no que me atormenta

por que você não se senta
e me explica o que é isso enfim?

- Martha Medeiros
deixa ele: às vezes o que parece um descaminho na verdade é um caminho inaparente que conduz a outro caminho melhor. às vezes não. o que a gente pode fazer é dar crédito ou não à passoa. frequentemente não vale à pena. frequentemente, vale.

- Caio Fernando Abreu

as palavras criadas para definir
conseguem apenas complicar
signos diversos para demonstrar
o que um simples olhar poderia resumir

- Martha Medeiros

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Não passa de um jogo

não tem o porque de eu ser tão frio, e eu sou. eu mantenho uma postura de rei, não olho pra trás. aprenda que olhar pra trás, te puxa, te corrompe por dentro, não to aqui pra chorar pelo que se perdeu, é essa a questão. não é fácil cuspir meu orgulho, pisar no bem do próximo. penso na vida como um jogo de queimada, você precisa estar esperto para as bolas que vem, segurar as que conseguir, ou se esquivar das "bolas armadilhas". eu era sim uma pessoa de bem, ainda sou de alguma forma, mesmo predominando em mim o lado mais frio, bastou uma dessas armadilhas e veja no que deu.
tome cuidado meu irmão. preserve o que te faz bem, lute por você. pelos seus ideais, diferente de mim que não tem ideal algum. viver baseado em referências é deprimente. e eu tenho apenas referências, mas acima de tudo, mantenha sua cabeça erguida, postura, você pode esconder tudo o que tem dentro de você, e é esse o segredo, o lado de fora, não influencia em nada, o lado de dentro.

- Douglas Lenon
26 de fevereiro de 2010
seria ótimo
se você baixasse o som e desligasse
esse canal
me tocasse como um disco importado
medo de quebrar
serve um pouco mais de vinho e vem deitar

- Martha Medeiros
acho tudo um grande porre. um grandessíssimo porre. de vez em quando, no meio do porre, a gente arruma alguém pra fazer uma coceguinha no nosso coração. mas aí, depois da coceguinha, a vida volta ainda mais tosca. e tudo volta um porre ainda maior.

- Tati Bernardi
parece que foi ontem
que você me convidou para sumir
morar numa cabana e viver de amor

- Martha Medeiros
porque ver é permitido, mas sentir já é perigoso. sentir aos poucos vai exigindo uma série de coisas outras, até o momento em que não se pode mais prescindir do que foi simples constatação.

- Caio Fernando Abreu
te amo mesmo, talvez pra sempre. mas nem por isso eu deixo de ser feliz ou viver minha vida. foda-se esse amor. e foda-se você.

- Tati Bernardi

nós que nós amávamos tanto
hoje estamos tão longe
sem rima, sem sono
nem lembro
de como eu te achava estranho

- Martha Medeiros

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Dissertação 27

eu tava mesmo precisando de um mar de amigos pra me afogar.

- Douglas Lenon
25 de fevereiro de 2010
mas você com essa sua mania de encher de amigos as pizzarias e soltar um ou outro "irado" me faz te odiar tanto e querer tanto a sua atenção. e me faz querer tanto você daqui a pouco, porque você não enjoa. você me cansa demais mas não enjoa.

- Tati Bernardi
preto quando estou de preto
azul quando estou de mal

levo pouca coisa na bolsa
e levo sustos
quando me olho no espelho

- Martha Medeiros
algumas mulheres acreditam no sexo com o pau amigo, o homem limpinho que aparece de vez em quando só pra dar uma comidinha e tchau. eu acredito no sexo com o amigo sem pau. o homem que aparece de vez em quando e te busca em casa, abre a porta do carro, elogia sua roupa, escolhe os melhores ingressos, faz você morrer de rir, conversa sobre tudo, dá conselhos, cuida de você, sobe com você até seu apartamento, curte um som, dorme de conchinha, te abraça forte e… vai embora. isso sim é dar uma, ao meu ver.

- Tati Bernardi.
onde eu pretendo chegar
é um lugar que não se chama pelo nome

- Martha Medeiros

eu quero sim te matar, porque você tem uma mania surda de responder todas as minhas perguntas com um "ãhhh?" enjoado, e eu quero te socar porque você já descobriu tudo o que me irrita e gosta de me ver assim. mas quando qualquer outra coisa no mundo me irrita, eu lembro que eu tenho você pra me fazer sentir essa raiva nossa de sitcom inteligente.
não somos um casal melado, mas duvido que tenha alguém que duvide do nosso amor. quer dizer, a gente duvida, mas a gente é louco. e o homem perfeito teria a maior paciência do mundo em me curar dessa loucura, e você tem a maior paciência do mundo em aumentar a minha loucura. mas eu preciso da minha loucura para escrever coisas geniais e ganhar dinheiro com isso. e sustentar você que, apesar de ganhar bem, é um vagabundo que dorme demais e quer largar tudo para morar na praia. o homem perfeito não é um boa-vida não, mas certamente eu o trairia com você.

- Tati Bernardi
foi então que resolveu queimá-lo
e trocá-lo por uma ampulheta
que baixa a dor mais rápido
e mata o amor de vez

- Martha Medeiros
e eu corro no espelho de novo e repito cem vezes que não gosto de você. não gosto de você. não gosto de você. porque se eu gostar de você, eu sei que você vai embora.

- Tati Bernardi

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

o término da nossa relação
foi pra mim um choque térmico
não senti mais teu calor
nunca te vi tão frio

- Martha Medeiros

Dissertação 26

e se te dessem apenas 10 segundos com o amor da sua vida? eu não penso em outras coisas a não ser te tocar, te abraçar e te dizer o que você nunca me disse, mas o que você sempre soube.

- Douglas Lenon
24 de fevereiro de 2010
mas eu amo você. só queria terminar dizendo isso. eu amo você. de verdade.

- Tati Bernardi

aquele amor poderia ter me matado
como mata centenas de mulheres/pessoas por aí

certos amores não passam
de uma bomba a ser desativada a tempo

- Martha Medeiros
a cidade está louca, você sabe. a cidade está doente, você sabe. a cidade está podre, você sabe. como posso gostar limpo de você no meio desse doente podre louco? urbanoides cortam sempre meu caminho à procura de cigarros, fósforos, sexo, dinheiro, palavras e necessidades obscuras que não chego a decifrar em seus olhos semafóricos. tenho pressa, não podemos perder tempo. como chamar agora a essa meia dúzia de toques aterrorizados pela possibilidade da peste? (amor, amor certamente não.) como evitaremos que nosso encontro se decomponha, corrompa e apodreça junto com o louco, o doente, o podre? não evitaremos. pois a cidade está podre, você sabe. mas a cidade está louca, você sabe. sim, a cidade está doente, você sabe. e o vírus caminha em nossas veias, companheiro.

- Caio Fernando Abreu
eu continuo sem saber que maravilha a vida poderia me reservar se eu não me protegesse tanto.

- Tati Bernardi

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

minha boca
é pouca
pro desejo
que anda à solta

- Martha Medeiros
acho que o fato de ser só é inevitável, independe de fatos externos. há pessoas que nascem para serem sós a vida inteira. eu, por exemplo. acho que mesmo que um dia case e tenha uns dez filhos (coisa que não me atrai nem um pouco, diga-se de passagem), ou mesmo que consiga encontrar a amizade que sonho — e de cuja existência a cada dia mais e mais duvido — acho que mesmo que aconteçam essas coisas, continuarei só.

- Caio Fernando Abreu
devo, entretanto, avisar que não pretendo te esquecer nem deixar você em paz. pode correr; pode fugir; que vou em busca de você, onde estiver: cancelarei compromissos, emendarei feriados, mas tenho certeza de que te encontrarei de novo. nem que seja por um só segundo...

- Fernanda Young

uma saudade
falo inglês pensando em português
eu amo você
como você mudou

- Martha Medeiros

O mundo devora

que merda de inspiração na hora errada, não estou nem um pouco a fim de escrever, mais parece que as palavras vem até mim e ficam dizendo no meu ouvido "você não tá esquecendo de nada não?" tenho raiva disso, nem queria escrever, é verdade. não é essa a vida que eu queria viver durante a minha eternidade, não é assim que eu queria terminar, eu queria pelo menos contar uma história de vida no final, dizer que eu ganhei um 'eu te amo' sem pedir por ele, que eu fiz por merecer. que eu ganhei, que a minha vitória sobre mim, em mim, prova que eu posso vencer o meu não-viver.
eu vejo sangue em toda parte, sinto cheiro de medo no meu quarto, trouxe o abismo sem querer para o lugar que eu chamo de refúgio. saber que posso escorregar no meu sossego me traz mais insegurança, por isso quero uma rede, uma casa na praia, um pôr-do-sol, quero não me preocupar com a onda do mar, com o toque do corpo, com a vida que sonhei.
minha pessoa possui personalidade forte e opinião própria, são as maiores certezas que eu tenho sobre mim. exceção sobre as minhas certezas houve? claro que houve. quem rege a minha pessoa é um ser humano, erros acontecem. pra acertar o passo apenas crie um plano de fuga, as pessoas que vão te seguir são poucas, porque o mundo, o mundo devora.

- Douglas Lenon
23 de fevereiro de 2010
mas to me divertindo, ué. não é isso que mandam a gente fazer? quando a gente chora e escreve aquele monte de poesia profunda. quando a gente se apaixona e tudo mais e enche o saco dos amigos com aquela melação toda. não fica todo mundo dizendo pra gente parar de tanto drama e se divertir? poxa, tô só obedecendo todo mundo. não é isso que todo mundo acha super divertido? beber e fumar, e beber, e fazer sexo sem amor, e beber e fumar e dançar e chegar tarde e envelhecer e não sentir nada? sabe Zé, no começo doeu não sentir nada. mas eu consegui. eu não sinto nada.

- Tati Bernardi

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

I live for me

aquela parada que as pessoas pensam sobre qualquer relacionamento, que é mais ou menos assim. se durar muito tempo, e forem separados de uma forma drástica eles não vão aguentar. eles não vão sobreviver. na verdade, tudo gira ao contrário. quando eu perdi — eu chamo de perca, de "morto-vivo" — eu não quis parar de viver. porque pra chegar até aqui e desistir seria falta de consideração, ele sempre me dizia, continua de cabeça firme. e mesmo com a morte dele, seria falta de respeito com ele, eu querer morrer.

- Douglas Lenon
22 de fevereiro de 2010
me recuso a dar informações
sobre o paradeiro das minhas ideias malditas
elas se escondem bem demais

só eu sei o caminho só eu sei
em quem dói mais

- Martha Medeiros
— paraíso e inferno.
sim
— está aqui pra mim.
sim
— não. não está aqui por mim. está aqui para mim. está aqui para mim.
eu te amava tanto. te amava tanto que quando tive que voltar por você, pensei. você é meu paraíso. talvez eu seja seu inferno.

- Grey's Anatomy
5ª temporada, episódio 13

Dissertação 25

engraçado que com 16 anos você tem direito ao voto, mais não tem escolha nenhuma.

- Douglas Lenon
22 de fevereiro de 2010

e lá vem você me perguntar porque é que estão todos casando, e falar pela trigésima vez que você vai acabar sozinho e não deve nada a ninguém. e lá vem você me olhar apaixonado e, no segundo seguinte, frio. e me falar para eu não sofrer e para eu ir embora e para eu não esperar nada e para eu não desistir de você. e eu me digo que não é você. porque, se fosse, meu sono seria paz e não vontade de morrer.

- Tati Bernardi
eu quero em mim
uma pessoa
não muito assim
ou muito não
eu quero em mim
uma pessoa
geral
poucos muitos
mas muitas coisas
muitas vidas
pessoa assim
nem muito ou pouco
mas pessoa
em tudo e em todas
total

- Martha Medeiros

Dissertação 24

o céu ta me olhando, a lua ta me cobrindo, parece que o Day After ta próximo, não o teu, mas o meu.

- Douglas Lenon
22 de fevereiro de 2010
nenhum pensamento meu tem o poder de te machucar, nenhum mundo para onde eu vá tem o poder de te causar desespero. e eu preciso te sentir na minha ratoeira, eu preciso atirar nas suas asas que sobrevoam meu sossego. você sempre me deixa, mesmo ficando colado comigo.

- Tati Bernardi

domingo, 21 de fevereiro de 2010

este sol não me engana
tá se pondo pra me pôr na cama

- Martha Medeiros
eu treinei viver sem você, eu treinei porque você sempre achou um absurdo o tanto que eu precisava de você para estar feliz. de tanto treinar acostumei.

- Tati Bernardi

O meu gostar de vocês


sinto falta da asa protetora que eu tinha na minha frente, sinto falta do "é assim que se dá o primeiro passo", vocês são as pessoas que me constroem, que ligam cada órgão meu, que me dão forças. que seria de mim sem vocês? posso dizer que odeio algumas atitudes de vocês, algumas foram para o meu bem, isso não tenho dúvida alguma, mais me dói muito outras atitudes de vocês. não troco uma segunda-feira do lado de vocês de jeito nenhum, nem que seja por singelos 10 minutos, mas eu não troco. queria que fossemos uma família das que se reúnem na mesa , que almoçam juntos e conversássemos sobre como andam as coisas, como eu vou indo na escola. mas não, isso só acontece em novela, meu desejo é que um dia eu possa falar tudo o que realmente se passa comigo, poder dizer que eu não sou o filho que vai te dar um neto, mais que quer ver vocês felizes o tempo que for, que eu não sou o filho dos sonhos, mais eu juro que tento agradar, do meu modo, mas tento.
pai, você é o melhor pai do mundo ou até mesmo o pior, desde pequeno sempre me protegeu seja em qualquer lance, eu sinto falta de estar dormindo no meu beliche, ver a luz do lavabo se acender e pensar 'papai vai trabalhar agora' e logo depois a mãe vir me acordar e dizer 'ta na hora de ir pra escolinha'. sinto saudades de irmos no parque juntos e comprar as coisas pra casa porque a mãe ia trabalhar no sábado, e você não trabalhava, não por ser um vagabundo, mas pra passar o dia comigo. você acha que eu não sinto falta disso? eu sinto, claro que sinto. eu cresci talvez um pouco revoltado porque os pais dos meus amiguinhos contavam histórias pra eles dormirem, e você nunca me contou, mas não te julgo por isso, você tinha que trabalhar. mas por tudo, pai. por tudo mesmo, eu te amo muito.
mãe, você tem noção de quanto é importante pra mim? que eu não sei como é viver sem ter você por perto? se um dia eu te perder eu não sei pra que lado minha vida vai. eu te amo tanto, tanto, tanto, que se eu ficasse escrevendo tanto aqui até amanhã ainda assim não demonstraria meu amor por você. como eu queria contar tudo pra senhora, tudo. sem exceção, cada vida que eu busquei, cada corpo que eu toquei, cada tapa que eu levei. mas você não me entenderia — pelo menos não agora, eu te entenderia, mas você não. você nunca se deu a liberdade de perguntar 'filho você gosta mesmo do que eu acho que gosta?', eu responderia, mas você nunca perguntou.
e peço desculpas por não ser tão presente, por não estar sempre e sempre com vocês, por ser um filho meio ausente de tudo e de todos. é que o meu modo de viver afetaria muito vocês, a minha forma de usar a vida afetaria vocês. o meu mundo é diferente de vocês. só quero ver vocês felizes, acima de tudo, acima de mim.

- Douglas Lenon
21 de fevereiro de 2010
continua a lua cheia. relógios pararam e o som de um carrilhão rouco escorre pelo muro. quero ser enterrada com um relógio de pulso para que na terra algo possa pulsar no tempo.

- Clarice Lispector

sábado, 20 de fevereiro de 2010

não devia te contar
mas se você guardar segredo
eu revelo este meu medo
de não saber amar

não devia te amar
mas se você guardar meu medo
eu revelo este segredo
que não sei contar

- Martha Medeiros

Dissertação 23

foi você quem quis, o problema da aceitação foi você quem criou.

- Douglas Lenon
20 de fevereiro de 2010
li uma vez que você vive não sei quantas mil horas e pode resumir tudo de bom em apenas cinco minutos. o resto é apenas o dia-a-dia. um olhar, uma lágrima que cai, um abraço... isso é muito pouco na vida. então, isso vale mais que tudo para mim. prefiro não acreditar no Day After, no fim do mundo, no apocalipse.

- Cazuza

se você for
exatamente como imagino
igualzinho aos meus sonhos
eu vou embora
detesto desmancha-prazeres

- Martha Medeiros
inconscientemente parecia querer buscar em autores, filmes e músicas, algum tipo de consolo. como se alguém precisasse chegar bem perto do sofá, onde estava, colocar uma das mãos em seu ombro e dizer que aquilo era normal. que acontecia também com outras pessoas. e que iria passar.

- Caio Fernando Abreu

Solidão é você quem cria

você alguma vez já teve algo como ressaca sem beber? então, vai saber do que eu estou falando, não tenho a mínima vontade de levantar daqui, preguiça definiria muito bem, mais não é preguiça porque se caso aparecesse um ser que me chamasse atenção, eu pularia da cadeira em questão de segundos. desajeitado, isso, essa é a palavra, não consigo manter um pensamento, uma pessoa, uma vida. como diz a música: vida é brisa passageira, no momento estou aguardando a brisa passar, as luzes se acenderem, o clarão me invadir, e o beijo de boa noite.
sábado que dia de merda, tá pode ser lá um dia de farra e descanso mas não deixa de ser um dia de merda, as maiores burradas acontecem no sábado, pelo menos no século XXI as coisas funcionam assim. eu fico no camarote, de frente a "plateia" principal, no final das contas é um reality show que você não sabe quem vai ganhar, porque todo mundo já teve sua chance, e vencedor é algo inanimado, um digimon do mundo real, ninguém conhece um vencedor. os vencedores quando vencem, morrem e nem veem o sucesso que faz milhares de pessoas da arquibancada gritar e assoviar todos os seus feitos, pra ser um vencedor é necessário envenenar-se.
nos créditos finais fica a vida como ela é. ensinando que pra viver é necessário coragem, pra seguir é necessário fé, pra curar é necessário paz, e pra esquecer é necessário não pensar.
cansei de quem vive pra esquecer alguem, de quem tem tudo pra viver e prefere ficar em frente a uma televisão, cansei de quem rasga fotos pra esquecer.

- Douglas Lenon
20 de fevereiro de 2010
quem deu o maior passo errado pra tudo que vinhamos construindo, o xeque-mate, foi você. por mais que eu viesse fazendo todas as jogadas erradas, nesse nosso vasto xadrez amoroso.

- Camila Paier

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

mas se eu tivesse ficado, teria sido diferente? melhor interromper o processo em meio: quando se conhece o fim, quando se sabe que doerá muito mais — por que ir em frente? não há sentido: melhor escapar deixando uma lembrança qualquer, lenço esquecido numa gaveta, camisa jogada na cadeira, uma fotografia — qualquer coisa que depois de muito tempo a gente possa olhar e sorrir, mesmo sem saber por quê. melhor do que não sobrar nada, e que esse nada seja áspero como um tempo perdido.

- Caio Fernando Abreu

Me estranha me estranhar

eu deveria estar dormindo agora, nem sei porque mais me bateu uma vontade de olhar para o nada, e imaginar tudo em um simples nada, tenho problemas em expressar meus sentimentos, descobri isso há poucos minutos, não me dou muito bem com pessoas caladas, possuo profundo ódio por gente mesquinha e tenho grande admiração por quem decifra gestos e/em olhares. meus textos estão demonstrando exatamente minha vida, estão meio inacabados, os fins não justificam os meios, e os meios não chegam a fim algum.

- Douglas Lenon
19 de fevereiro de 2010

pois é. hoje eu até queria como quase nunca quero. como quase nunca peço. tentei e insinuei, mas minha força anda fraca. as circunstâncias me laceram e não me apraz esse apanhar, esse perder lugar. não sei mesmo que caminho seguir. e o pior que nem é nervosismo o que estou sentindo, nem indignação, só paira sobre mim uma nuvem escura de fumaça e dúvida, sensação de perda de tempo, de resignação, até esperança tem me habitado nesses últimos dias. esperança. em mim. irreconhecível. ou trouxa.

- Caio Fernando Abreu
não quero mudar o sobrenome
que carrego sustentando meu nome ateu
ele pode vir, eu deixo dormir na minha cama
mas não quero nada dele
que já não seja meu

- Martha Medeiros

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

sabe, eu me perguntava até que ponto você era aquilo que eu via em você ou apenas aquilo que eu queria ver em você, eu queria saber até que ponto você não era apenas uma projeção daquilo que eu sentia, e se era assim, até quando eu conseguiria ver em você todas essas coisas que me fascinavam e que no fundo, sempre no fundo, talvez nem fossem suas, mas minhas, e pensava que amar era só conseguir ver, e desamar era não mais conseguir ver, entende? dolorido-colorido, estou repetindo devagar para que você possa compreender, melhor...

- Caio Fernando Abreu
gravei tua voz no meu tímpano
vez em quando labirinto
faço o que sinto, vez em quando minto
vinho tinto, amor rosé
você
vez em quando instinto

- Martha Medeiros

Dissertação 22

porque a vida lá fora pode me esperar, eu to descobrindo meu ser agora e não estou com a mínima vontade de dar um 'oi' ao mundo.

- Douglas Lenon
18 de fevereiro de 2010

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

penso, com mágoa, que o relacionamento da gente sempre foi um tanto unilateral, sei lá, não quero ser injusto nem nada — apenas me ferem muito esses teus silêncios.

- Caio Fernando Abreu

então, você raciocina da seguinte maneira: porque eu, uma perdedora, me juntaria com um outro perdedor?

- Gabito Nunes in Resposta padrão para toda mulher "enganada" por um cafajeste
chorar por tudo que se perdeu, por tudo que apenas ameaçou e não chegou a ser, pelo que perdi de mim, pelo ontem morto, pelo hoje sujo, pelo amanhã que não existe, pelo muito que amei e não me amaram, pelo que tentei ser correto e não foram comigo. meu coração sangra com uma dor que não consigo comunicar a ninguém, recuso todos os toques e ignoro todas tentativas de aproximação. tenho vergonha de gritar que esta dor é só minha, de pedir que me deixem em paz e só com ela, como um cão com seu osso.

- Caio Fernando Abreu
na visita íntima se faz sexo. às vezes o outro acha que é amor, mas é sexo. tem vezes que é você quem pensa estar fazendo troço parecido com amor. não, não, não. ainda é sexo.

- Gabito Nunes in Visita íntima
sou de capricórnio quando me açoitam
batam mais e batam tudo
que eu nasci doze vezes foi pra isso mesmo

- Martha Medeiros
a boca entreaberta pedia
um beijo pra me tatuar

- Martha Medeiros

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010


não sei, até hoje não sei se o príncipe era um deles. eu não podia saber, ele não falava. e, depois, ele não veio mais. eu dava um cavalo branco para ele, uma espada, dava um castelo e bruxas para ele matar, dava todas essas coisas e mais as que ele pedisse, fazia com a areia, com o sal, com as folhas dos coqueiros, com as cascas dos cocos, até com a minha carne eu construía um cavalo branco para aquele príncipe. mas ele não queria, acho que ele não queria, e eu não tive tempo de dizer que quando a gente precisa que alguém fique a gente constrói qualquer coisa, até um castelo.

- Caio Fernando Abreu
chovia, chovia, chovia e eu ia indo por dentro da chuva ao encontro dele, sem guarda-chuva nem nada, eu sempre perdia todos pelos bares, só uma garrafa de conhaque barato apertada contra o peito, parece falso dito desse jeito, mas bem assim eu ia no meio da chuva, eu enfiava as mãos avermelhadas nos bolsos e ia indo, eu ia pulando as poças d’água com as pernas geladas. tão geladas as pernas e os braços e a cara que pensei em abrir a garrafa para beber um gole, mas não queria chegar meio bêbado na casa dele, hálito ardido, eu não queria que ele pensasse que eu andava bebendo, e eu andava, todo dia um bom pretexto, e fui pensando também que ele ia pensar que eu andava sem dinheiro, chegando sem táxi naquela chuva toda, e eu andava, estômago dolorido, e eu não queria que ele pensasse que eu andava insone, e eu andava, roxas olheiras, teria que ter cuidado com o lábio inferior ao sorrir, para que ele não visse meu dente quebrado e pensasse que eu andava relaxado, sem ir ao dentista, e eu andava, e tudo que eu andava eu não queria que ele visse nem soubesse, mas depois de pensar isso me deu um desgosto porque fui percebendo, por dentro da chuva, que talvez eu não quisesse que ele soubesse que eu era eu, e eu era.

- Caio Fernando Abreu

Você não sente a minha falta e eu sem ti | ler ao som de Stand by me - Oasis


será que alguém pensa na gente? sério, quando você se sente um pouco tanto quanto sozinho, será que alguém pelo menos está pensando em você. hoje foi um dia em que me senti mais ou menos dessa maneira. ele disse que apareceria no natal e iria me desejar todas aquelas coisas bobas e bonitas que todos desejam para as pessoas que mais amam, disse que iria matar as saudades, que iria me confortar com as palavras, mais ele só falou, e não apareceu. e ai eu pergunto: será que ele tentou aparecer, e que se não apareceu pelo menos pensou em mim?
o natal ta acabando, já é quase meia-noite do dia 26 de dezembro, apesar de ser uma data festiva e bem animada, esse foi meu pior natal, eu tô tremendo, tô ouvindo Oasis, putz você ama Oasis, lembro quando a Gabi te contou que Oasis tinha acabado de novo, você ficou bem triste, veio todo fervoroso pra mim dizendo: "OASIS ACABOU, NÃO PODIA TER ACABADO", se não foi dessa forma, foi mais ou menos igual. eu não sabia o que dizer pra ajudar, eu apenas tentei falar de outras coisas, pra ver se você se distraía, e ficasse melhor.
depois do natal eu sempre fico na expectativa do meu aniversário, tá chegando falta menos de três semanas, e você disse que vai aparecer no meu aniversário, disse da mesma forma que ia aparecer no natal e isso me deixa um pouco triste, e mais ancioso que o normal. não sei no que acreditar, é a última vez em que eu te espero, pra mim já deu. sempre passo no lugar onde você disse uma vez que estaria lá, acho que os comerciantes de lá já me conhecem. e indo dormir agora eu penso: eu não sei realmente se existe alguém no mundo que esteja pensando em mim, mas eu costumo pensar muito em um certo alguém.

- Douglas Lenon
25 de dezembro de 2009
eu penso conforme o tempo
eu danço conforme o passo
eu passo conforme o espaço
eu amo conforme a fome
eu como conforme a cama
eu sinto conforme o mundo

mas no fundo
eu não me conformo

- Martha Medeiros
fico só querendo te dizer de como eu te esperava quando a gente marcava qualquer coisa, de como eu olhava o relógio e andava de lá pra cá sem pensar definidamente e nada, mas não, não é isso, eu ainda queria chegar mais perto daquilo que está lá no centro e que um dia destes eu descobri existindo, porque eu nem supunha que existisse, acho que foi o fato de você partir que me fez descobrir tantas coisas.

- Caio Fernando Abreu

Dissertação 21

eu sei que tenho tudo nesse momento, tudo que eu quero, mais parece que eu to esquecendo de alguma coisa, parece que eu esqueci alguma coisa.

- Douglas Lenon
16 de fevereiro de 2010
escuta - ele disse, bem perto do meu ouvido, a boca vermelha no rosto pálido quase encostada na minha pele. tive uma vontade quase incontrolável de beijá-lo outra vez. era meio compulsivo, aquilo. ou magnético, sei lá. fluídos, odores imperceptíveis, vibrações. que coisa era aquela que, independente da razão, atraía ou repelia as pessoas?
a gente precisa conversar. eu fiquei pensando naquilo que aconteceu.

- Caio Fernando Abreu.

eu te amo, mas não sei amar
eu não te amo, mas queria

- Martha Medeiros
engraçado, eu não gosto do meu quarto em si — das paredes, dos móveis —, mas gosto demais das coisas que posso ver pela janela. das coisas que estão fora dele, porque o que está aqui dentro eu acho muito parecido comigo. e eu não gosto de mim. ou gosto? não sei. talvez pareça não gostar justamente porque gosto muito, e então exijo demais do meu corpo, e as coisas erradas que ele faz — são tantas! — me fazem detestá-lo. a gente sempre exige mais das pessoas e das coisas que quer bem, as que queremos mal ou simplesmente não queremos, nos são indiferentes.

- Caio Fernando Abreu

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

tu seras la historia de mi vida, hoje, agora. eu te amo pra sempre até o dia escurecer. te quero inteiro pela metade e sou eternamente sua em nossas curtas horas. complete-me assim, sem dizer que sim. se você se apaixonar, vou ter que sumir. se disser que me quer, acaba o desafio. assuma a bagunça que eu sou sem tentar me arrumar, não serei sua, não serei séria, não estarei sóbria. se eu disser que te amo, pode ter certeza que é mentira. mal consigo me amar, quanto mais amar alguém que não é o que eu espero.

- Verônica H.
já que vim mesmo
vamos aos finalmentes
pra começo de conversa
não me toque, acabou
não tinha nada a ver
e eu já tenho outro
doa a quem doer
não venha com essa cara de choro
você sabia que isso um dia
iria acontecer
eu não tenho muito tempo
só vim pegar minhas coisas
e saber de você
tô te achando mais magro
a casa tá meio suja
você tem se alimentado direito?
embora eu não me arrependa
ainda sinto saudades daqui
lembra daquele domingo
esquece, deixa pra lá
eu só vim te avisar
pra me deixar no meu canto
toca tua vida, vai fundo
eu vou me virando
engraçado
parece que você ta indo
e eu que to ficando

- Martha Medeiros
olha, eu estou te escrevendo só pra dizer que se você tivesse telefonado hoje eu ia dizer tanta, mas tanta coisa. talvez mesmo conseguisse dizer tudo aquilo que escondo desde o começo, um pouco por timidez, por vergonha, por falta de oportunidade, mas principalmente porque todos me dizem que sou demais precipitado, que coloco em palavras todo o meu processo mental (processo mental: é exatamente assim que eles dizem, e eu acho engraçado) e que isso assusta as pessoas, e que é preciso disfarçar, jogar, esconder, mentir. eu não queria que fosse assim. eu queria que tudo fosse muito mais limpo e muito mais claro, mas eles não me deixam, você não me deixa.

- Caio Fernando Abreu
amor por correspondência
tem problema de fuso horário
ele me entende tarde demais
eu desisto dele muito cedo

- Martha Medeiros

fico quieto. primeiro que paixão deve ser coisa discreta, calada, centrada. se você começa a espalhar aos sete ventos, crau, dá errado. isso porque ao contar a gente tem a tendência a, digamos, “embonitar” a coisa, e portanto distanciar-se dela, apaixonando-se mais pelo supor-se apaixonado do que pelo objeto da paixão propriamente dito. sei que é complicado, mas contar falsifica, é isso que quero dizer — e pensando mais longe, por isso mesmo literatura é sempre fraude. quanto mais não-dita, melhor a paixão.

- Caio Fernando Abreu

Tem coisa melhor do que se superar? | ler ao som de Tomorrow - Avril Lavigne

você não merece. chegar até aqui e concluir de que você jamais mereceu uma lágrima minha, que jamais mereceu um carinho meu, que jamais me mereceu, machuca. eu que até ontem acreditava que minha vida ia mudar quando estivesse do seu lado, acordei da fantasia ingênua. ora, ora, quem diria, eu não queria sentir raiva de você — reza a lenda que temos que odiar o ex —, não mesmo, mais você implora, você se joga na minha frente e me implora pedindo pra que eu tenha pena de você. e sabe como você me implora? andando com aqueles caras que você julgava inúteis, me dizia pra nunca me juntar com esse tipo de gente. veja só que ironia não? você só falta lambê-los, nada mal ter um clube do bolinha com o slogan "comemos das mais novinhas até as universitárias", me poupe — tenha dó, me faça apenas um favor, não precisa dizer que eu sou um cara legal ou até mesmo o contrário disso, apenas me respeite, porque eu nunca deixei de te respeitar.
hoje em dia o que me interessa é sair em busca do impossível, ultrapassar fronteiras, conquistar objetivos esse sim é o meu segundo nome. voltou a minha auto-estima a qual eu tanto procurava, voltou o meu desejo de vida o qual eu nem sabia que existia. se eu soubesse que o meu amanhã seria tão bom, eu teria me entregado menos, teria me doado menos. me pergunto que sensação maravilhosa é essa de não se importar com o que me espera la fora, porque o mundo pode me esperar, as estações podem me esperar, por enquanto eu to explorando o estar-dentro-de-mim, conhecer pouco a pouco a mim mesmo. então eu levanto minhas mãos aos céus e digo, a resposta de todo o enigma não era acreditar em você, era acreditar em mim, me recriar.

- Douglas Lenon
15 de fevereiro de 2010

Dissertação 20

leva um ano pra pelo menos amar o amor da sua vida, e uma vida pra desamalo.

- Douglas Lenon
15 de fevereiro de 2010

domingo, 14 de fevereiro de 2010

às vezes a gente vai se fechando dentro da própria cabeça, e tudo começa a parecer muito mais difícil do que realmente é. eu acho que a gente não deve perder a curiosidade pelas coisas: há muitos lugares para serem vistos, muitas pessoas para serem conhecidas.

- Caio Fernando Abreu
mesmo que a gente se perca, não importa. que tenha se transformado em passado antes de virar futuro. mas que seja bom o que vier, para você, para mim. te escrevo, enfim, me ocorre agora, porque nem você nem eu somos descartáveis. e amanhã tem sol.

- Caio Fernando Abreu

Dissertação 19

coragem, irmandade e sacanagem. três palavras que te levam a alguém, e você nem consegue perceber.

- Douglas Lenon
14 de fevereiro de 2010

outro dia desses eu estava num bar com um amigo e ele começou a falar de todos os filmes, livros e músicas que eu tanto queria que você falasse. no final da noite eu só queria estar ouvindo aquela merda daquele cd do Alpha Blond, esses intelectuais de merda não chegam aos pés do seu sorriso e nunca vão ter de mim esse amor tão puro, tão absurdo e tão sem fim que eu tinha por você. a fidelidade não é uma escolha e nem um sacrifício, ela é uma verdade. por mais que eu tente, só sinto nojo. a gente não se fala mais, eu nem sei mais por onde você anda, eu até tenho o impulso de tentar de novo com outros homens, mas eu só sinto nojo.

- Tati Bernardi
sinto saudade de me perder tentando entender de que tanto você sorria, de que tanto você brilhava, de que tanto você se perdia e se escondia.

- Tati Bernardi
porque, quando você está com medo da vida, é na minha mania de rir de tudo que você encontra forças. e, quando você está rindo de tudo, é na minha neurose que encontra um pouco de chão. e, quando precisa se sentir especial e amado, é pra mim que você liga. e, quando está longe de casa gosta de ouvir minha voz pra se sentir perto de você. e, quando pensa em alguém em algum momento de solidão, seja para chorar ou para ter algum pensamento mais safado, é em mim que você pensa. eu sei de tudo.

- Tati Bernardi

sábado, 13 de fevereiro de 2010

meu coração tá ferido de amar errado.

- Caio Fernando Abreu

Universo paralelo

já parou pra pensar que você foi o primeiro amor de alguém? que não é só você que sofre por um amor, que todo mundo ama, que alguém já te amou da mesma forma que você amou alguém, talvez a pessoa não tenha confessado diretamente pra você, mais ela te amou. eu como você queria saber tudo que acontece dentro e fora de mim a todo tempo.
o primeiro amor é sempre o aprendizado, você para e pensa, porque eu amei tanto, eu não podia ter amado menos? ter me doado menos? a parte boa é que você experimenta o amor, você descobre como é estar apaixonado. a parte ruim é que você fica mais inseguro, você tem medo de amar demais, de se entregar demais, têm pessoas que nem amam mais pela experiência que tiveram do primeiro amor, mais não amar e ser frio a vida inteira não constrói escadas pra chegar na segunda tentativa.

- Douglas Lenon
13 de fevereiro de 2010
há tempos estou vivendo uma estória-de-amor-impossível que rebenta a saúde: sei que não dá pé de jeito nenhum e não consigo me libertar, esquecer...

- Caio Fernando Abreu

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010


sei que pretendia dizer alguma coisa muito especial pra você, alguma coisa que faria você largar tudo e vir correndo me ver...

- Caio Fernando Abreu
tua carta me fez muito bem. e muito mal. compreendo tudo que você diz. são coisas que me digo, também. mas há uma diferença entre você saber intelectualmente da inutilidade das procuras, da insaciabilidade — vixe, que palavra! — do corpo e conseguir passar isso para o seu comportamento — tornar ato o que é pensamento abstrato. os caminhos são individuais/intransferíveis.

- Caio Fernando Abreu

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

será que a medida que você vai vivendo, andando, viajando, vai ficando cada vez mais estrangeiro? deve haver um porto.

- Caio Fernando Abreu

Dissertação 18


agora foi eu quem consumiu tua paz? histórias que só elas vão acreditar, as mesmas que você contou para as tantas outras que encontrou.

- Douglas Lenon
11 de fevereiro de 2010

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

— faça um desejo.
— e se eu não tiver nada pra desejar? e se eu tiver tudo o que quero?
— deseje que nada mude.

- Grey's Anatomy
5ª temporada, episódio 11

Quis tanto te levar a sério

feliz ano novo, sei que em qualquer lugar que você esteja agora, você vai me ouvir dizendo isso. não sei, mas acho que depois que você se foi, todo aquele lance de superstição, e tudo relacionado a essas loucuras de virada de ano, sabe? tudo isso eu acabei desacreditando, porque eu não vou fazer esses pedidos de começo de ano, se tudo o que eu realmente iria pedir, eu já peço a tanto tempo, peço todos os finais e começos de dia, tô sem notícias suas à praticamente um mês — se você soubesse como isso afeta meu dia-a-dia não sumiria nunca mais —, a Gabi quando entra não me diz nada sobre como você tá, ou onde você tá. você acha que depois de tudo eu ainda queria olhar pra você ou até mesmo pensar em você? eu não pedi isso, cadê a minha força de começo de ano? há muito tempo que eu não sei o que é força.
assim, eu estou tentando tentar com outros caras, mais acho que perdi todo aquele charme, e conquista que eu tinha quando te conheci, nessa estrada fui esquecendo como surpreender alguem, não sei se foi o fato de você sumir, ou se foi o fato de eu pensar em você a todo tempo que não me deixa atrair um cara. dia 30 de dezembro eu sai, fui no Bar do Alemão, com certeza você conhece, mais antes disso eu tinha ido em um barzinho ali perto do largo mesmo, no otorto. fui com uma galera, tinha muita gente bonita, e eu conheci bastante gente. fiquei conversando e brincando com a galera, ninguém acreditou quando eu disse que tinha 16 anos, acharam que eu tinha no mínimo 18, mais isso não vem ao caso, depois de várias horas de conversa todo mundo resolveu ir embora, então eu fiquei esperando minha amiga falar com um cara lá, ela terminou de falar com o cara, e logo atrás de mim tinha uma placa, do lado dessa placa tinha um carinha encostado, eu olhei pra ele, ele sorriu pra mim, a minha vontade de tentar era imensa. mas eu não quis trair você. vai entender que merda que me deu. Rodrigo sério mesmo, o que eu faço pra conseguir para de pensar em você, pra te esquecer, pra evitar você?

- Douglas Lenon
01 de janeiro de 2010

Dissertação 17

dinheiro pode até comprar sobrevivência e sustentabilidade, porém todavia nunca vi vidas a venda.

- Douglas Lenon
10 de fevereiro de 2010
eu tenho um milhão de motivos pra fugir de pensar em você, mas em todos esses lugares você vai comigo. você segura na minha mão na hora de atravessar a rua, você me olha triste quando eu olho para o celular pela milésima vez, você sente orgulho de mim quando eu solto um gargalhada e você vira o rosto se algum homem vem falar comigo. você prefere não ver, mas eu vejo você o tempo todo.

- Tati Bernardi
a coisa mais cruel que alguém pode fazer é permitir que alguém se apaixone por você, quando você não pretende fazer o mesmo.

- Martha Medeiros

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010


tenho uma coisa apertada aqui no meu peito, um sufoco, uma sede, um peso, não me venha com essas histórias de atraiçoamos-todos-os-nossos-ideais, nunca tive porra de ideal nenhum, só queria era salvar a minha, veja só que coisa mais individualista, elitista, capitalista, só queria ser feliz, cara.

- Caio Fernando Abreu

Dias melhores

que saudade do mundo, saudade de mim, da minha morada, do meu aconchego. como é gostoso reconstruir o tempo perdido, a vida passada. ver o mar me fez pensar tantas coisas, coisas como ter com quem contar, ter com quem progredir, ter alguem pra abraçar. aprendi que amizades se fortalecem muito quando cultivadas a todo momento, e que conviver junto, se aceitar, não é algo fácil. às vezes as coisas parecem fáceis porque eu gosto sempre de secar a louça, e minha amiga gosta de lavar a louça, combinar faz bem. mais surgem muitas intrigas a partir do momento em que um dos dois discordam de algo. e é aí que entra a compreensão, aceitação — ou a palavra que você acha que exemplifique tudo isso —, e descobre ou talvez redescobre que isso sim constrói uma amizade.
voltar de viagem é uma das melhores partes, porem voltar também tem seus contras, eu estava sinceramente me sentindo melhor por não saber como as coisas andavam por aqui, não por maldade, mais por deixar o dia me levar, a semana me curar. queria sim voltar, mas queria a mesma liberdade do mar, se deslocar por todo lugar, e deixar as ondas levarem. aprendi a me apaixonar por uma noite de luar, como é linda a lua lá em cima banhando as pessoas, aliviando dores, sussegando corações.
vale a pena mesmo é passar uma madrugada inteira acordado, e ficar de vigia as 5 da manhã aguardando o sol aparecer, vale a pena parar pra ver o sol que não apareceu, ou até mesmo se escondeu, ficou envergonhado das novas pessoas que o esperavam. a única certeza que fica, é que essa aventura, esse gosto de liberdade, essa vibe de uma semana, não vai só acontecer essa vez, vai acontecer e re-acontecer.

- Douglas Lenon
09 de fevereiro de 2010

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

vivemos esperando o dia em que seremos melhores, melhores no amor, melhores na dor. ♪

- Jota Quest
Dias melhores

Dissertação 16

depende muito da pessoa, às vezes tentar e falhar andam juntos.

- Douglas Lenon
08 de fevereiro de 2010
— ela ama você, Ed...
olho pra ele.
— mas ela quer você, cara.
e é aí que está o problema.

- Markus Zusak in Eu sou o mensageiro
pg. 256

domingo, 7 de fevereiro de 2010

te amei no profundo, no raso e com atraso
não era tua hora, não era minha vez

- Martha Medeiros

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

tudo isso dói. mais eu sei que passa, que se está sendo assim é porque deve ser assim, e virá outro ciclo, depois. para me dar força, escrevi no espelho do meu quarto: "tá certo que o sonho acabou, mas também não precisa virar pesadelo, não é?" é o que estou tentando vivenciar. certo, muitas ilusões dançaram - mas eu me recuso a descrer absolutamente de tudo, eu faço força para manter algumas esperanças acesas, como velas. também não quero dramatizar e fazer dos problemas reais monstros insolúveis, becos-sem-saída. nada é muito terrível. só viver, não é? a barra mesmo é ter que estar vivo e ter que desdobrar, batalhar um jeito qualquer de ficar numa boa. o meu tem sido olhar pra dentro, devagar, ter muito cuidado com cada palavra, com cada movimento, com cada coisa que me ligue ao de fora. até que os dois ritmos naturalmente se encaixem outra vez e passem a fluir. porque não estou fluindo.

- Caio Fernando Abreu

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

não quero que você me largue. não quero te largar. e eu não tenho medo que isso aconteça (eu nunca tenho), eu fiz isso com todos os outros. é, só que dessa vez eu queria muito que fosse diferente. dessa vez, com você, eu queria que desse certo.

- Tati Bernardi

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

eu sou a dama da noite que vai te contaminar com seu perfume venenoso e mortal. eu sou a flor carnívora e noturna que vai te entontecer e te arrastar para o fundo de seu jardim pestilento. eu sou a dama maldita que, sem nenhuma piedade, vai te poluir com todos os líquidos, contaminar teu sangue com todos os vírus.

- Caio Fernando Abreu

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010


que coisas são essas que me dizes sem dizer, escondidas atrás do que realmente quer dizer? tenho me confundido na tentativa de te decifrar, todos os dias. mas confuso, perdido, sozinho, minha única certeza é de que cada dia aumenta mais a minha necessidade de ti. torna-se desesperada, urgente. eu já não sei o que faço. não sinto nenhuma alegria além de ti. como pude cair assim nesse fundo poço? quando foi que me desequilibrei? não quero me afogar: quero beber tua água. não te negues, minha sede é clara.

- Caio Fernando Abreu
esse é o maior problema dos desejos, eles não aceitam não como resposta. você só coloca um ponto final nele se for até o fim. para matar um desejo é preciso viver, nem que depois você morra junto com ele.

- Tati Bernardi

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Se eu te vejo bem desse lado, aqui do outro eu consigo me orientar

cuida dele, é só o que peço, eu estou disfarçando bem ultimamente ou não, mas a falta que você está me fazendo está me corroendo por dentro, não me deixa se quer dormir direito. onde você está hein? quando você some assim, sem volta, sem me dizer como você está, sem mais nem menos, me dá raiva, me angustia, me faz sentir sua falta de um jeito anormal. sabe o que eu realmente queria estar fazendo agora? onde eu queria estar agora? com quem eu queria estar agora? todas as perguntas levam a você. esses dias de merda que não passam, essa vontade de te ver que não passa, acho que você está tirando o seu atraso agora ou tirou ontem a noite, ou daqui a pouco quem sabe, ela deve ser um espetáculo na cama, deve fazer loucuras com você, te deixar louco sem ao menos te tocar, ou não. acho que eu sempre te deixei louco sem ao menos te tocar, isso é comigo não é? o meu modo de cuidar de você.
minha vontade é te ver uma última vez pra falar outras coisas as quais eu não quis falar, pois eu tinha medo, eu era/sou inseguro, se der sorte – se é que posso chamar isso de sorte – te ver com a sua menina, e falar primeiramente a você o que eu sentia, o que eu ainda sinto. lembra quando te conheci? eu não esqueço um detalhe se quer, dia 9 de julho, tipo podíamos ser irmãos como você mesmo disse, contaria todas as coisas à você, como foi meu dia, dizer que conheci alguem novo, que estou apaixonado de novo, mas não da certo, iria dizer que meu dia foi pensando nesse meu irmão, que as pessoas que conheço são meus novos amigos, que a cada dia que passa tenho mais certeza do quanto eu te quero aqui, e que o fato de você ser insubstituível me faz chegar aos meus extremos. sabe, você não percebe ou percebe demais, que quando falo dos caras que eu conheço, você sempre diz que não vai da certo, muda de assunto, fica frio comigo, eu provoco né? juro que não faço por mal, ou faço. contraditório.
gosto de ver que você por mais que nos separamos, você pra lá, eu aqui, você ainda sente um ciúme, algo pequeno mais um ciúme, eu digo que pensar em você, me faz cuidar de você, e depois de ter falado tudo o que tinha pra falar – por mais que eu tenha todo tempo do mundo, sempre tem algo que eu vou deixar de falar. dizer a ela pra cuidar de você, pra não deixar seu cabelo crescer demais, pra não te deixar raspar a barba sempre, só quando estiver muito grande mesmo, pra passar a mão de leve no seu pescoço e dizer que você não precisa se lamentar, você tá lindo assim, pra te dar todos os abraços, todos os dias, todo tempo. eu só preciso saber que você ta bem, pra poder provar que eu continuo firme.

- Douglas Lenon
12 de dezembro de 2009
— olha nos meus olhos quando falar comigo!
— eu não consigo...
— olha! quero ver se você está sendo sincera!
— para com isso. você sabe que eu estou falando a verdade...
— sei... se tivesse, olhava pra mim! não ficava aí mirando o nada...
— você tá entendendo errado... não é isso...
— como assim? por que você não me olha então?
— porque senão não vou aguentar e vou te beijar...
— e quem disse que não é isso o que eu quero?

- J.

Dissertação 15

mantenha na mala auto-estima, felicidade e pessoas de confiança. porque destino não somos nós quem temos que procurar, são eles quem tem que nos achar.

- Douglas Lenon
01 de fevereiro de 2010
o fim do amor é ainda mais triste do que o nosso fim. meu amor está cansado, surrado, ele quer me deixar para renascer depois, lindo e puro, em outro canto, mas eu não quero outro canto, eu quero insistir no nosso canto.

- Tati Bernardi

Pelo meu amor

sabe todo aquele lance de pureza ou virgindade, então acho que cada um determina a forma como acha justo perder, eu perderia minha pureza com você, sem brincadeiras, eu transaria com você pelo meu amor. no final eu sempre amei por nós dois. para falar a verdade eu nem sei se você sabe qual é o significado de amor. e repito: eu me entregaria pra você pelo meu amor, e não por tuas migalhas.

- Douglas Lenon
01 de fevereiro de 2010

recomeçar é doloroso. faz-se necessário investigar novas verdades, adequar novos valores e conceitos. não cabe reconstruir duas vezes a mesma vida numa só existência. é por isso que me esquivo e deslizo por entre as chamas do pequeno fogo, porque elas queimam. e queimar também destrói.

- Caio Fernando Abreu