quinta-feira, 4 de março de 2010

eu não sei. tenho tanto medo. estou esperando, cansei de escrever, a vela está quase apagando. vou deitar. estou ouvindo o rumor do ovo se aproximando cada vez mais. é um barulho leve, leve. quase como um suspiro de gente cansada. está muito perto. tão perto que ninguém vai-me ouvir se eu gritar.

- Caio Fernando Abreu

Nenhum comentário:

Postar um comentário