domingo, 21 de março de 2010

pelos descaminhos, meu rumo se perdia, eu tornava a buscar, recomeçava — e novamente errava, e novamente insistia, túrgido de ternura, me encarei.

- Caio Fernando Abreu

Nenhum comentário:

Postar um comentário