sábado, 20 de março de 2010

Preso a liberdade

eu to me desesperando a cada minuto que passa. as pessoas podem chamar de medo ou até mesmo de delírio, mas eu tenho medo de não conseguir amar mais. eu não sei o que é não ter alguém pra confiar. uma luz no fim do túnel. eu pensei que quando as pessoas ao meu redor fossem ficando solteiras que nem a mim, eu pensei que eu ia me sentir menos sozinho. porém não muda nada. uma vez com essa sensação, você acha que não vai haver nenhuma luz no fim do túnel.
talvez eu tenha pegado a trilha errada, e vou ter que voltar pra escolher outro caminho, mais durante essa trilha eu fui me permitindo a tantas coisas, a tantas pessoas, que se eu voltar, terei que me privar novamente do que eu havia me libertado. terei que retroceder de forma que eu pegue o caminho certo, me permitindo e me valorizando novamente. passa um tempo e, você acha que perdeu todo valor, que as pessoas te olham de uma maneira diferente, se sente sujo.
eu apresento a vocês a liberdade, depois que você fica preso a ela, você não consegue mais dizer sim para relacionamentos mais longos, você só consegue aproveitar e se aproveitar. se aproveitar de coisas boas, de mundos diferentes. mais lidar com a liberdade não é algo fácil. ser preso a liberdade é para poucos, mais ser solto por ela te deixa encurralado.

- Douglas Lenon
20 de março de 2010

2 comentários: