quarta-feira, 14 de julho de 2010

Eu sempre serei a sua luz


eu já ouvi falar de tudo, de estado de choque, estado de dormência, mas nunca ouvi falar em estado de perda, eu te tenho por tão pouco tempo, que quando você vai eu tenho uma sensação de que vou perder você, de que vou me perder de você, de que você vai se perder de mim. esse é um novo estado de necessidade – estado de perda – em que é tudo muito confuso, é tudo por um, e nada pra qualquer um, é o medo da perda involuntaria, perder sem saber que se está se perdendo, por isso eu até provoco às vezes, digo pra que volte amanhã, pra que eu possa entrar em estado de felicidade sem igual, que eu te quero assim, não me importo se é por dez minutos no meu dia, o importante é não entrar em estado de perda.
esse nosso amor, é mais brilhante que a luz do sol meu bem, é mais brilhante que o nascer do sol, eu ando meio sem tempo pra discutirmos sobre o quão bom você está sendo, sobre o quanto eu estou me orgulhando de você, desculpa, não é por mal, é que esses dias andam me cansando, e vez ou outra esqueço de te dizer, mas eu vejo que você não fica triste, que de algum modo, o que está aqui dentro de mim, transmite tudo pra o que tá dentro de você. e que não importa o quão longe eu for, eu sempre vou ser a sua luz.

- Douglas Lenon
14 de julho de 2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário