quarta-feira, 21 de julho de 2010

só espero, não penso nada. tento me concentrar numa daquelas sensações antigas como alegria ou fé ou esperança. mas só fico aqui parado, sem sentir nada, sem pedir nada, sem querer nada.

- Caio Fernando Abreu

Nenhum comentário:

Postar um comentário