domingo, 4 de julho de 2010

você nunca pediu mais do que eu podia dar e eu sempre quis mais, quis menos, sempre quis diferente. você nunca exigiu nada de mim, só queria minha existência e eu não soube nem existir pra você.

- Verônica H.

Nenhum comentário:

Postar um comentário