sábado, 28 de agosto de 2010

acho que mil palavras podem valer mais do que uma imagem, não acho que esperanças sejam as últimas que morrem, acho que, às vezes, pode ser tarde demais. que às vezes, a pressa e a perfeição estão juntas, a água pode acabar antes de furar a pedra, às vezes, a má companhia ensina o que a solidão não pode. que muitas vezes a intenção passa despercebida e o que importa é a ação, que há argumentos contra muitos fatos,o tempo não cura nada, dois pássaros voando são infinitamente mais bonitos do que um na mão. que o coração sente muita coisa que os olhos não vêem; e certos últimos serão sempre os últimos.

- Autor Desconhecido

Nenhum comentário:

Postar um comentário