terça-feira, 21 de setembro de 2010

ele me olhava triste. eu não suportava seu olhar triste a lembrar-me das vezes todas que o tinha procurado inutilmente pelas ruas sem encontrá-lo. agora que o encontrava já não o procurava. e um encontro sem procura era tão inútil quanto uma procura sem encontro.

- Caio Fernando Abreu

Nenhum comentário:

Postar um comentário