sábado, 18 de dezembro de 2010

não está chovendo
para abaixar a cabeça.
cogitei desistir de mim,
mas não de ti.
fingia morrer
como quem dorme mais cedo
e acorda quando a casa dorme. (…)

um dia antes de morrer,
uma hora antes de morrer,
alguns minutos antes de morrer,
e ainda não será tarde.
e sobrevivo contra mim,
depois de mim,
antes de mim,
em mim.

- Fabrício Carpinejar in Como no céu & Livro de visitas

Nenhum comentário:

Postar um comentário