quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

exerces duas vidas ao mesmo tempo.
uma aqui, e outra, em que não entro.
serão também duas mortes?
quem vai lamentar a segunda?

- Fabrício Carpinejar in Como no céu & Livro de visitas

Nenhum comentário:

Postar um comentário