segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

se não posso corrigir os males do mundo, da minha reduzida condição pessoal, posso ao menos não colaborar para que ele se torne mais violento, mais mesquinho e mais cruel.

- Lya Luft in Testemunho pertencente a obra “Pensar é transgredir”

Um comentário:

  1. Seu blog como sempre liindo, adorei esse post e tbm o de baixo. Muito intenso.

    beijos

    ResponderExcluir