segunda-feira, 21 de março de 2011

parece que eu não sou eu, de tanto eu que sou.

- Clarice Lispector in O Relatório da Coisa pertencente a obra “Onde estivestes de noite”

Nenhum comentário:

Postar um comentário