segunda-feira, 25 de julho de 2011

a gente se apaixona para corrigir nosso passado. agora fica claro que podemos corrigir nosso passado com os próprios protagonistas do nosso passado, desde que eles nos enxerguem com olhos mais curiosos, com um coração mais disposto e que acenem com um novo futuro.

- Martha Medeiros in Amo você quando não é você pertencente a obra “Doidas e Santas”

Nenhum comentário:

Postar um comentário