quarta-feira, 20 de julho de 2011

uma vez ameacei ir embora e tudo que você foi capaz de me dizer foi um "pode ir!" cheio de desprezo. e quer saber? eu fui. o que eu queria? apenas converter aquele "pode ir!" idiota, sabe? eu testei você, e você caiu, trouxa. medroso, covarde, cagão, não foi homem pra me procurar. vai ver é por isso que resolvi tomar a iniciativa, como sempre. para ao menos fingir que tivemos uma despedida.

- Gabito Nunes in Despedida

Um comentário:

  1. O texto em si é maravilhoso. Mas essa parte é PERFEITA!

    Abs. ;)

    ResponderExcluir