quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

não, não, o mundo não me agrada. a maioria das pessoas estão mortas e não sabem, ou estão vivas com charlatanismo. e o amor, em vez de dar, exige. e quem gosta de nós quer que sejamos alguma coisa de que eles precisam. mentir dá remorso. e não mentir é um dom que o mundo não merece.
14 de outubro de 1967

- Clarice Lispector in Dies Irae pertencente a obra "A Descoberta do Mundo"

Nenhum comentário:

Postar um comentário