segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

11º dia - "qualquer lugar onde a gente pudesse viver uma coisa mais inteira." (Caio Fernando Abreu)


venho pensado nisso a dias, em como as coisas poderiam ter sido diferentes se fôssemos outros personagens, talvez se tivéssemos nos apaixonado em outro século. o medo de te perder começou quando você tocou no assunto de que iria embora. aproveitar as horas do seu lado pareciam nunca ser o suficiente. eu amava quando você encostava seu rosto atrás da minha orelha e dava um beijinho no meu pescoço dedilhando meus ombros, parece amor isso né? não, não parece. amor mesmo era quando você fazia tudo isso e logo começava um cafuné na minha cabeça dizendo baixinho no meu ouvido: ei.. eu vou te roubar pra mim e vou te levar daqui pra você mostrar esse teu sorriso só pra mim.
IR EMBORA: ato desumano que faz sangrar um coração.

- Douglas Lenon

Nenhum comentário:

Postar um comentário