quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

era isso. só isso. tudo isso. e quando eu percebi, eu era feliz.
naquele instante, ri como uma criança faz ao saborear a delícia da própria travessura. ser feliz é a melhor arte que podemos nos flagrar aprontando. quando estamos relaxados fica mais fácil sentir que a alegria não vem só do brinquedo: começa em quem brinca. nós, adultos, nos esquecemos que a felicidade já é. que está disponível mesmo quando não conseguimos acessá-la. que mora nas coisas mais simples do mundo. essas aqui, bem próximas do nosso alcance, agora.

- Ana Jácomo

Nenhum comentário:

Postar um comentário