domingo, 1 de julho de 2012

deixa ele: às vezes o que parece um descaminho na verdade é um caminho inaparente que conduz a outro caminho melhor. às vezes não. o que a gente pode fazer é dar crédito ou não à pessoa. frequentemente não vale a pena. frequentemente, vale.
26 de junho de 1981
 
- Caio Fernando Abreu in “Cartas” à Jacqueline Cantore

Nenhum comentário:

Postar um comentário