sábado, 29 de setembro de 2012

ainda não terminei de gostar de você. mas consegui. agora fui. porque comecei isso querendo ser sua companheira, passei a cúmplice das suas maldades, e ficar dessa vez vai me fazer sua comparsa. não é um ‘até amanhã’ nem ‘até breve’ e nem ‘até mais’. é um ‘até você mudar’ ou ‘até você não ser mais quem você é’. até nunca, então.

- Gabito Nunes in O inferno por dentro

Um comentário:

  1. Que saudade daqui!!! Vou passear um pouco por aqui!!! Voltei a escrever no blog, Douglas... Tem texto novo lá e queria sua opinião!!! :) Espero que esteja tudo bem com você!!! Beijos

    ResponderExcluir