domingo, 9 de novembro de 2014

30º dia - "ps. tenho comigo uma foto sua sorrindo." (Gabito Nunes)


morro de saudade de você, seja debaixo do meu cobertor ou fora dele. na última vez que a gente se viu nem consegui te dizer que as coisas estão indo bem, que o tempo anda curto e que eu sempre arrumo um tempinho pra pensar em tudo aquilo que a gente não foi e todas as viagens que a gente não fez, e todos os filmes que a gente marcou de ver junto, e todas mensagens que você não me mandou, e tudo isso.
esses dias sem você são bons, são ruins, são malditos dias bipolares. tenho pensado que a culpa de todos os dias sem você aqui sempre foram sua. você nunca me precisou de volta. não sei se você consegue entender a forma como eu digo isso, mas eu precisa de você, mas precisava que você precisasse de volta, entende? queria que ao menos você tivesse gravado qual era minha sobremesa favorita.
são dias incalculáveis longe de você, são horas que não passam, dias que não andam, meses que param. não sei quanto tempo faz que a gente tá nesse novembro, ou nesse outubro, ou nesse ano. seja lá como as coisas tenham ficado entre nós, eu sempre estive aqui. quem me deixou foi você.

- Douglas Lenon

Nenhum comentário:

Postar um comentário