sábado, 5 de janeiro de 2013

27º dia - "lembra de você a cada manhã. pensar em você para dormir melhor." (Tati Bernardi)

fim de tarde de um sábado, pra quem não sabe esse é o momento de desespero para os casais de anos. o que fazer? onde ir? tem que dormir tarde mesmo?
não lembro de termos passado por isso. éramos tão criativos, até mesmo pra ir em casas de tios chatos, em relação ao que fazer no sábado a noite e olha só que ironia: o tempo passou e você foi junto sem me dar a mão. confesso que sinto mil e um tipo de saudade de você. se existissem tipos de saudade, é claro. fica um vazio de sempre nesses sábados a noite os quais a gente tinha sempre uma fuga, mais conhecida como o corpo do outro pra se esconder.
fica só o que a gente pensa que não iria ficar. fica a saudade dos dias que não voltam e dos lugares que tinham um outro significado quando a gente ia juntos. fica você no pensamento. fica a lembrança do tempo da nossa felicidade. fica o fim do nosso felizes para sempre.

- Douglas Lenon

Nenhum comentário:

Postar um comentário