quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Se for para morrer que seja de amor próprio


hoje está um calor lá fora, tempo bem quente, mas aqui dentro está frio, está congelando sabe, eu estou falando aqui dentro entende. já fiz de tudo para esse vazio passar, para o frio passar, e nada funciona. chorar? eu já tentei isso, não funcionou. mandar tudo ir a merda? já tentei, não deu certo também. pedir ajudar para mãe? outra tentativa frustrada. psicólogo? não tentei ainda, mas também ando sem dinheiro, e se minha mãe que me conhece faz anos não conseguiu me ajudar, um psicólogo que vai me conhecer no dia não vai poder fazer lá muita coisa. meu caso é raro, poucas pessoas morrem e continuam vivas por aí.
ando meio sem coragem, tudo que eu sei fazer é trabalhar, dormir e às vezes estudar – o que não me agrada nem um pouco. já falei que ta frio aqui dentro? falei né, ando meio repetitivo se é que você já percebeu. estou me perdendo, sobrevivendo, doendo, vivo no gerúndio.
eu nem queria dinheiro, eu nem queria uma vida amorosa bem sucedida, eu nem queria estar com a vida ganha, eu só queria – e ainda quero tanto – ser feliz. eu quero acordar radiante, iluminando cada rua que eu passo, sorrindo para cada pessoa que me sorri também, sentir o que as pessoas felizes sentem, e me abraçar, pensar que sou único, pensar com força, que se for para chorar que seja de felicidade, e que se for para morrer que seja de amor próprio.

- Douglas Lenon
14 de setembro de 2010

8 comentários:

  1. Nossa, que lindo!
    Parabéns pelo belo post!
    "Sentir o que as pessoas felizes sentem..." Eu senti na alma!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Adorei isso, 'se for pra morrer que seja de amor próprio'...
    Uma quinta iluminada!

    ResponderExcluir
  3. Teus textos sempre perfeitos, me identifico muito mesmo! Parabéns :)

    ResponderExcluir
  4. SEUS TEXTOS SAO PERFEEEEEITOS ! *-* você passa o que muita gente quer descrever com as palavras certa,muito sucesso pra ti s2 beijos. @rafaueda

    ResponderExcluir
  5. "(...) e me abraçar, pensar que sou único, pensar com força, que se for para chorar que seja de felicidade, e que se for para morrer que seja de amor próprio."

    AMEEI *-*

    ResponderExcluir
  6. ah galera vocês sabem que é sempre um honra ter vocês aqui *---*

    ResponderExcluir
  7. Também adorei o 'se for pra morrer que seja de amor próprio'. Cada vez me surpreendo mais com o que leio!

    ResponderExcluir