segunda-feira, 8 de agosto de 2011

quando alguém não entende o meu amor, eu lembro daquele dia que você não queria tocar violão pra mim. até que dedilhou reclamando que não era o seu violão. daí tentou uma música conhecida. tentou uma menos conhecida. daí tocou uma sua, com a voz baixinha e olhando pro nada. e então me encarou e cantou com a voz alta. e então largou o violão, me encarou e cantou bem alto a sua dor, de pé, na minha frente, e eu achei que meu peito ia explodir. e ri achando que você ia sair correndo e dar um show na padoca da frente.

- Tati Bernardi

Nenhum comentário:

Postar um comentário