sexta-feira, 17 de agosto de 2012

às vezes as pessoas me perguntam: por que os casamentos terminam tão cedo hoje em dia? não terminam mais cedo hoje. é que antes o casal não se separava porque a mulher não tinha como se sustentar, e isso dava a falsa impressão de que eram casais longevos. o casamento acabava, mas o convívio prosseguia. mais do que a separação de corpos, o que pode dar fim a um amor é o distanciamento de percepções: um enxerga o mundo em cores, o outro em preto-e-branco. um percebe a delicadeza e a profundidade de tudo o que existe, o outro não consegue ir além da superfície. pode um casal ser mais desunido do que aquele que, olhando na mesma direção, não consegue enxergar a mesma coisa?
 
- Martha Medeiros in Iolandas e copolas pertencente à obra “Feliz por nada”

Nenhum comentário:

Postar um comentário