domingo, 19 de agosto de 2012

24º dia - "de tudo que ele me deu, o melhor foi o pé na bunda." (Tati Bernardi)

a ausência só prova o quanto somos mais fortes sozinhos. desde aquele dia em que você se foi, nunca mais fez sol por aqui e com os dias sem sol a gente aprende muita coisa. aprende que o sol existe sim, mas não vai estar sempre ali pra gente, aprendemos que os dias de chuva e os dias nublados nos fazem crescer muito mais do que a gente esperava. talvez porque na chuva a gente precise de um guarda-chuva e não de um amor. em um dia nublado precisamos de fé, a gente acredita que pode chover ou que possa fazer sol. e nos dias de sol a gente se ilude, só pensa em quanto podia estar mais quente, em quanto podia ser melhor se você tivesse aqui, ou até mesmo em quanto tempo você poderia ficar por aqui, em qualquer canto, ou por enquanto...

- Douglas Lenon

Um comentário: