terça-feira, 10 de maio de 2011

dizer "sim" a si mesmo pode ser mais difícil do que dizer "não" a uma pessoa amada: é sair da acomodação, pegar qualquer espada - que pode ser uma palavra, um gesto, ou uma transformação radical, que custe lágrimas e talvez sangue e sair à luta.

- Lya Luft in Dizer “sim”, dizer “não” pertencente a obra “Pensar é transgredir”

Nenhum comentário:

Postar um comentário