domingo, 19 de junho de 2011

criava mais falsas dificuldades para aquela coisa clandestina que era a felicidade. a felicidade sempre iria ser clandestina para mim. parece que eu já pressentia.

- Clarice Lispector in Felicidade Clandestina pertencente a obra “Felicidade Clandestina”

Nenhum comentário:

Postar um comentário