segunda-feira, 18 de abril de 2011

Dissertação 85


não sinto falta, não sinto pressa, não sinto nada. quem vive de restos por aí? quem morre por restos? quem chora por restos? costumamos chorar muito pelo que não ganhamos, e pouco pelo que temos. choro pelo ontem morto e pelo hoje sujo. inacreditavelmente deixar viver me consome e me destroi a cada segundo. o jeito pra isso tudo não é continuar deixar vivendo, é fazer viver.

- Douglas Lenon
18 de abril de 2011

Gente desculpa a falta de tempo, prometo que quando der
vejo todos os blogs que vocês deixam, beijos seus lindos!

Um comentário:

  1. realmente, reclamamos tanto pelas coisas que não temos e esquecemos de ver quantas coisas boas estão ao nosso redor e é com essas coisas boas que temos que nos importar.

    ResponderExcluir