quarta-feira, 13 de abril de 2011

o deserto é filho único.
passei a infância
a sós com minha vaidade.
quis ensinar o vento
a galopar, a montar com as duas pernas
de um lado, mas ele corria
mais do que cavalo.

- Fabrício Carpinejar in Como no céu & Livro de visitas

Nenhum comentário:

Postar um comentário