segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

nada de amores infinitos, laços presos, casórios, fusões, longas viagens, destinos imutáveis. nessa altura dos dias, o amor não passa de uma mão quente, sexo seguro, boas risadas e algumas faixas de Simon & Garfunkel. só não abre mão de largar aquele eterno gosto análogo de cigarro e vodca na boca seca.

- Gabito Nunes in Arquipélago

Um comentário: