domingo, 13 de março de 2011

antes que a mãe chamasse, antes que o jardineiro viesse me buscar, eu me assustava e queria de novo o simples e o familiar. fantasia demais seria uma viagem sem volta? ninguém - nem eu mesma - me encontraria, nunca mais?

- Lya Luft in Mais infância pertencente a obra “Pensar é transgredir”

Nenhum comentário:

Postar um comentário