quinta-feira, 3 de março de 2011

Eu sou um alguém que chora


"somos feitos de carne, mas temos de viver como se fôssemos de ferro."
Sigmund Freud

se dor falasse hein? olhando agora o celular que não toca esperando a mensagem que não chega. que talvez chegue, mas que vai dizer um: não, ou quem sabe depois de amanhã. vai que a gente aprenda a viver a partir de amanhã, ou a gente nunca aprende não é mesmo? olho para os lados e de todas as situações, de todos os meus amigos, eu estou na pior. não é extremamente triste se arrepender e esse arrependimento não transparecer? é difícil acreditar, mas eu só tenho essa verdade, mesmo que você não acredite em uma palavra minha, o que eu venho tentando te dizer é que ando juntando as palavras mais sinceras para demonstrar o tamanho do meu sentimento, da minha dor, da minha culpa, do meu medo, da minha vida, do meu amor, do meu carinho e do pouco que tenho da minha paz para te mostrar que eu tô aqui. que é para você.

- Douglas Lenon
03 de março de 2011

5 comentários:

  1. incrível como me vi em algumas passagens do seu texto.
    Parabéns pelo blog
    seguindo.

    ResponderExcluir
  2. Tomara que tudo se resolva logo, conforme o seu coração deseja.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Eu sou sua fã! Sério, amo as suas palavras, você se expressa tão bem, joga o sentimentos pra fora sem menor problemas, todas as palavras estão perto de você, e vocè organizalar perto de você.

    ResponderExcluir
  4. Douglas vc escreve muito bem!
    Parabéns! Tô adorando ler seus textos.

    ResponderExcluir