sexta-feira, 11 de março de 2011

eu conheço dois tipos de gente. aqueles que buscam seu próprio sonho dentro dos outros. esses são os românticos e sua incessante caça pelo ideal, de decepção em decepção, esquecendo da subjetividade dos sentimentos, numa poligamia melodramática, como um álibi onde se justificam seus erros, traições, carências e rejeições. palmas, vocês comovem as pessoas. o outro tipo, meu tipo, a ala dos objetivos e menos escandalosos, já não projetam seus ímpetos quiméricos, não nos derretemos com seus pedidos de ficar e dormir colados e ofegantes, como duas plantas enroscadas debaixo de um aquário, sem oxigênio.

- Gabito Nunes in Não vem com romance

Um comentário: