segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

— mas se. tudo bem. suponhamos que os dois caras gostem muito um do outro.
— o que já é difícil.
— pode ser, mas. suponhamos. eu já vivi isso. e se realmente gostarem? se o toque do outro de repente for bom? bom, a palavra é essa. se o outro for bom para você. se te der vontade de viver. se o cheiro do suor do outro também for bom. se todos os cheiros do corpo do outro forem bons.

- Caio Fernando Abreu in Triângulo das águas

Nenhum comentário:

Postar um comentário