quinta-feira, 16 de setembro de 2010


eu não faço a menor ideia do que vejo em você, mas também não faço ideia do que não vejo. eu posso ter um cara mais gostoso, como de fato já tive milhares de vezes. mas por alguma razão prefiro suas piadas velhas e seu jeito homem de ser. você é um idiota, uma criança, um bobo alegre, um deslumbrado, um chato. mas você é homem. e talvez seja só por isso que eu ainda te aguente: você pode ter todos os defeitos do mundo, mais ainda é melhor do que o resto do mundo.

- Tati Bernardi

eu perdi a conta de quantas vezes eu mandei isso para ele.

5 comentários:

  1. É tão bom.. quando podemos falar, falar e repetir... e gritar...
    pro mundo, o quanto temos guardado!!!

    Acredito que enquanto há amor, vale a pena lutar..
    mas nem sempre é fácil!

    ResponderExcluir
  2. Muito, muito lindo! e realmente, não adianta. Pode todo mundo ter o que for, quando nos encontramos no outro, o resto é resto e o outro é mundo! =) Aii!! eu adoro aqui! hahahaha bjooss

    ResponderExcluir
  3. É por isso q teu blog é minha página inicial.

    Perfect!

    L.S.

    ResponderExcluir
  4. Ah! O amor... A gente pode até ver todos os defeitos que o outro tem, mas, comparando a tanta coisa boa que nos proporciona, todos eles tornam-se insignificantes e só sobra espaço para amar, mais e mais!

    Lindo blog!

    ResponderExcluir
  5. ah galera eu fico tão feliz em ver vocês aqui *-*

    ResponderExcluir