quinta-feira, 16 de setembro de 2010

sei que não lamentei porque inesperava que alguém ou alguma coisa voltasse a perfurar o endurecido que fora se sedimentando ano após ano no de dentro do meu eu por dentro.

- Caio Fernando Abreu

Nenhum comentário:

Postar um comentário