segunda-feira, 27 de setembro de 2010

nos primeiros dias, não houve jeito de aquela melancolia passar. mas depois ele acabou entendendo que melhor seria aproveitar os dias e continuar fazendo as coisas que a gente mais gostava. “vamos brincar de carpe diem”, eu dizia. “lembra do arcadismo, das poesias arcádicas que exaltavam a vida no campo. e do movimento carpe diem, que pregava que os homens deveriam aproveitar cada dia como se fosse o único e ser feliz agora?”. e foi isso que fizemos.

- Valéria Piassa Polizzi in Depois daquela viagem

Um comentário:

  1. E ser feliz é tão fácil. Nós que complicamos.

    Parabéns pelo blog. bjo

    ResponderExcluir