sexta-feira, 10 de setembro de 2010

a paixão turbina o coração, acelera a corrente sanguínea e irriga os olhos, porque a gente chora à beça. faz perder peso, sim. não conheço dieta mais eficiente. a paixão cristaliza o tempo: parece que as horas não passam até estar com ele ou ela. aí estamos com ele ou ela e as horas voam, não é justo. a paixão corrompe nosso juízo, trapaceia a realidade. ainda assim, melhor uma paixão do que nenhuma.

- Martha Medeiros in Os perigos da paixão pertencente a obra "Non-stop"

Nenhum comentário:

Postar um comentário