domingo, 28 de fevereiro de 2010

eu quero me chamar Mar você dizia e ria e ríamos porque era absurdo alguém querer se chamar Mar ah mar amar e você dizia coisas tolas como quando o vento bater no trigo te lembrarás da cor dos meus cabelos

- Caio Fernando Abreu

Nenhum comentário:

Postar um comentário