sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

não quero mudar o sobrenome
que carrego sustentando meu nome ateu
ele pode vir, eu deixo dormir na minha cama
mas não quero nada dele
que já não seja meu

- Martha Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário