domingo, 28 de fevereiro de 2010


pudesse eu viver tudo o que imagino
nem sete vidas me dariam tanto fôlego

- Martha Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário