segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

I live for me

aquela parada que as pessoas pensam sobre qualquer relacionamento, que é mais ou menos assim. se durar muito tempo, e forem separados de uma forma drástica eles não vão aguentar. eles não vão sobreviver. na verdade, tudo gira ao contrário. quando eu perdi — eu chamo de perca, de "morto-vivo" — eu não quis parar de viver. porque pra chegar até aqui e desistir seria falta de consideração, ele sempre me dizia, continua de cabeça firme. e mesmo com a morte dele, seria falta de respeito com ele, eu querer morrer.

- Douglas Lenon
22 de fevereiro de 2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário