sábado, 14 de agosto de 2010

o que vai ser de mim? eu me pergunto isso todos os dias, uma porção de vezes. o que vai espirrar nas paredes, o que vai-se derramar no chão: a merda ou o sonho?

- Lya Luft in O ponto cego

Nenhum comentário:

Postar um comentário