quarta-feira, 3 de novembro de 2010

e eu soquei meu coração até ele diminuir. só pra você nunca se assustar com o tamanho. e eu tive que me fantasiar de puta, só pra ter você aqui dentro sem medo. medo de destruir mais uma vez esse amor tão santo, tão virgem. e eu vou continuar me fantasiando de não amor, só pra você poder me vestir e sair por aí com sua casca de não amor. e eu vou rir quando você me contar das suas meninas, e eu vou continuar dizendo “bonito carro, boa balada, boa ideia, bonita cor, bonito sapato.

- Tati Bernardi

Nenhum comentário:

Postar um comentário