sábado, 20 de novembro de 2010

ninguém te ensinará os caminhos. ninguém me ensinará os caminhos. ninguém nunca me ensinou caminho nenhum, nem a você, suspeito. avanço às cegas. não há caminhos a serem ensinados, nem aprendidos. na verdade, não há caminhos.

- Caio Fernando Abreu

Nenhum comentário:

Postar um comentário