sexta-feira, 12 de novembro de 2010

mas o riso alegre, o passo enérgico, o perfume, a voz – e aquelas rosas – permanecerão comigo: imagens inapagáveis de quem na verdade já partiu, mesmo que ainda não tenham baixado todas as cortinas.

- Lya Luft in Visitas à velha senhora pertencente a obra “Pensar é transgredir”

Nenhum comentário:

Postar um comentário