sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Procura-se


não precisa saber falar línguas, nem ter experiência no ramo também. procuro alguém que saiba estar perto e estar longe também, que saiba cuidar, mas que não cuide demais. procuro alguém que saiba cozinhar porque eu detesto cozinhar, não tenho muita paciência. procuro alguém que saiba embaçar o vidro e escrever meu nome com um coração do lado. procuro alguém que tenha carinho para oferecer, e que tenha sede de outro corpo.
não procuro nada específico, tenho preferência como todo mundo, mas nada específico. seja loiro, moreno, ruivo, alto, baixo. mas que seja. que tenha certeza. procuro a segunda pessoa do singular para se juntar e se transformar na primeira pessoa do plural. procuro alguém que saiba dormir de conchinha no frio, que sinta falta e que seja sincero. não procuro a pessoa perfeita, nem a pessoa certa, procuro alguém que tenha pressa em completar o quebra-cabeça, que seja a última peça.
não coloco esse anúncio porque me chamariam de louco. resumindo tudo, eu procuro alguém que tenha amor para oferecer, que me queira, mas que pise na bola às vezes, porque monotonia é entediante, procuro um pouco do que não encontrei nas outras pessoas que passaram por aqui. procuro alguém que pense em mim, que diga que lembrou de mim ouvindo uma música e que sorriu. procuro alguém que esteja a procura de outro alguém. sabe porquê diabos eu ainda procuro? porque dizem por aí que quem procura acha, e eu vou tentando.

- Douglas Lenon
10 de dezembro de 2010

4 comentários:

  1. Nossa! Muito bom.
    Vou tentando também... Um dia a gente acha! ;)

    ResponderExcluir
  2. Muito bom seus textos... Tem selinho de qualidade pra vc em meu blog.

    bjus

    ResponderExcluir
  3. Eu sempre venho aqui, na maioria das vezes fico em silêncio. Mas, hoje em especial eu senti um necessidade de comentar um dos seus textos.

    "sabe porquê diabos eu ainda procuro? porque dizem por aí que quem procura acha, e eu vou tentando."

    Eu tenho 17 anos e 3 namoros catastróficos, um em especial deixou marcas arrebatadoras, faz um ano que tudo acabou e hoje é aniversário dele.
    Eu acabei de mandar um scrap para ele no orkut dizendo apenas "parabéns, tudo de bom pra você", sendo que eu queria dizer muito mais, mas eu não posso, já dueu demais, optei por viver só da falta.

    Adoro seus textos, eles me trazem paz.
    E eu vou tentando, um dia acontece de voltar pra casa com o sorriso tão grande quem nem a três anos atrás.

    ResponderExcluir