sábado, 23 de outubro de 2010

Amores apertados


sabe aqueles banheiros mínimos, que quando um entra o outro tem que sair? tem amores que parecem um banheiro apertado: só cabe um.
ela ama o cara. interessa-se pela sua vida, seu trabalho, seus estudos, seu esporte, seus amigos, sua família, enfim, ela está inteira na dele. ele, por sua vez, recebe isso de muito bom grado mas não retribui. não pergunta pelo trabalho dela, pelas angústias dela, por nada que lhe diga respeito. ela, obviamente, não gosta desta situação, mas vai levando, levando, levando, até que um belo dia sua paciência se esgota e ela tira o time de campo. aí ele entra.
de repente, como num passe de mágica, ele se dá conta de como ela é legal, de como ele tem sido distante, de como vai ser duro ficar sem a sua menina. então ele a torpedeia com e-mails e telefonemas carinhosos. mas ela é gata escaldada, não vai entrar nessa de novo. ele insiste. quer vê-la, quer que ela entenda que ele é desse jeito tosco mesmo, mas que no fundo ela é a mulher da vida dele. ela é gata escaldada mas não é de gelo: então tá, vamos tentar de novo. ela entra com tudo.
com a namorada resgatada, ele se isola novamente em seu próprio mundo, deixando-a conduzir tudo sozinha. é ela quem o procura, é ela que o elogia, é ela que arma os programas, é ela que lembra das datas, é ela, tudo ela, só ela. quer saber: tô fora!
aí ele entra. pô, gata, prometo, juro, ó: vou cobrir você de carinho. e não é que ele cumpre? passa a tratá-la como uma deusa, superatencioso, parece outro homem. ela aceita a deferência, mas não entra mais nesse jogo. simplesmente não retribui o afeto dele, quase nunca telefona, sai com as amigas toda hora, e ele ali, no maior esforço. ela esnobando, ele tentando, ela se fazendo, ele se declarando. até que ele enche: tô fora.
aí ela entra. e ele esfria, e ela cai fora, e ele volta, e seguem neste entra-e-sai até o desgaste total.
bom mesmo é amor em que cabem os dois juntos.

- Martha Medeiros in Non-stop

6 comentários:

  1. Nossa,
    que texto foda, eu adorei mesmo viu?
    sei que é da Martha, mas se tu colocaste foi com algum propósito né ?
    Adoro seu blog, leio sente!
    Beijos, ;*

    ResponderExcluir
  2. Meus amores são amores banheiros, descobri! haha

    ResponderExcluir
  3. ê martha viu *-* .. Queria um banheiro espaçoso.
    Um beijo, guri!

    ResponderExcluir
  4. PQP ooou!!! perfeito, Douglas! Excelente escolha. Encaixou perfeitamente pra mim =*

    ResponderExcluir
  5. Nossa, Matha jogando na minha cara! hahaha
    sim, o amor anda em banheiro apertado por aqui, ultimamente.

    ResponderExcluir