quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Dia 14 - Um livro romântico

durante essa minha vida, li poucos livros, românticos então, creio que só um. a história de como eu consegui o livro é bem interessante. estava eu, sem dinheiro algum – o que não é novidade – passando em frente a uma livraria – o que também não é novidade – e avisto um livro: Desculpa se te chamo de amor. o título do livro me chamou demais atenção, fiz das tripas coração para conseguir dinheiro para comprar o livro, passei o mês sem comer, mas li o livro. achei tri romântico e coloco um trecho do livro aqui para vocês. indico. vale muito a pena.

"são duas horas. eu disse em casa que voltaria logo. só espero que não estejam acordados. dessa vez você dormiu, hein? não pode negar, amor..."
"o que você disse?"
"escute, não amole."
Niki começa a recolher as roupas, um pouco embaraçada.
"não, não, espere, espere..." Alessandro senta-se na cama, de pernas cruzadas, cobertas pelos lençóis. "repita a última palavra..."
Niki deixa cair novamente tudo no chão e sobe na cama. põe as mãos na cintura, de pé, pernas abertas, e olha para ele do alto.
"sinto muito. decidi. e você ouviu bem. desculpa, mas vou te chamar amor."
(Desculpa se te chamo de amor - Federico Moccia)

Um comentário: